CULTURANOTÍCIAS

Cultura decidiu: lideranças do segmento cultural de JP firmam apoio a Cícero e Léo no 2º turno

Na última segunda-feira (23), diversas lideranças do segmento cultural estiveram reunidas, no bairro de Miramar, com o candidato a Vice-Prefeito de João Pessoa, Léo Bezerra (Cidadania).

Na ocasião, as lideranças debateram as políticas públicas para a cultura e falaram também sobre as dificuldades que os artistas, dos diferentes setores do movimento cultural, têm vivenciado neste momento, com a pandemia do novo coronavírus.

Léo Bezerra, destacou seu olhar mais cuidadoso para com os agentes culturais, principalmente aqueles que foram esquecidos nos últimos anos pela gestão, nas periferias da cidade.

“Cícero foi um dos que mais investiu no segmento cultural quando era Prefeito, inclusive tendo criado o Centro em Cena e outros projetos. Eu sou vereador de oposição na cidade e sei a dificuldade que os artistas enfrentaram ao longo destes anos. Na nossa gestão, a Prefeitura e a Funjope estarão de portas abertas para o diálogo e para as propostas de projetos culturais. Queremos resgatar os projetos que morreram e também recuperar a dignidade do nosso centro histórico e estimular a circulação e o movimento cultural na região”, explicou o candidato.

Ao portal Território Virtual PB, o professor e artista, Rodrigo Mateus, que também é um dos idealizadores do projeto “O Tempo Não Para”, declarou: “Discutir políticas públicas sempre é algo que nos motiva bastante e quando se fala em cultura e educação, ficamos ainda mais felizes. Nós acreditamos na cultura e educação como importantes instrumentos de transformação social e optamos pelo apoio à candidatura de Cícero e Léo, por entender que a cultura precisa ser valorizada nesta cidade. Do outro lado há uma forte identidade com os desmontes nas políticas públicas, protagonizados pelo Governo Federal, com relação ao segmento da cultura. Portanto, o voto em Cícero faz-se imprescindível neste segundo turno.”

O anfitrião do evento, o artista Roberto Júnior, conhecido como “Atômico Mc”, falou de sua satisfação com a reunião. “Foi uma honra ter participado da articulação deste encontro e ter aberto as portas de minha casa, para receber essa galera que tem construído o movimento cultural em João Pessoa e que tem tido um papel muito importante de resistência nessa conjuntura nada fácil. São oitos anos que eu sequer fui convidado para participar de qualquer ação cultural da Prefeitura. É preciso investir nos nossos artistas. Léo é um amigo dos tempos de escola. Conheço-o de perto e espero que possamos juntos pensar a cultura para a nossa capital. Vamos juntos nesta eleição, para barrar o bolsonarismo de uma vez! É isso aí, a Casa Verde azulou!” (brincou, em referência às cores de sua residência).

Conversou também conosco o mobilizador social, produtor e diretor de audiovisual, André Xingu. Xingu falou conosco de sua experiência durante a gestão de Cícero enquanto Prefeito. “Eu vim a João Pessoa a convite da assessoria do então Prefeito Cícero Lucena. Quando cheguei nessa cidade, me deparei com um forte e intenso movimento cultural e isso me chamou muito a atenção. Agora, temos que pensar a cultura e a comunicação de maneira estratégica, de modo a refletir cultura na programação da TV Cidade, falo isso enquanto diretor de audiovisual.”

Participaram ainda da reunião, a Secretária Executiva da Juventude do Governo da Paraíba, Rafaela Camaraense, o ex-vereador e agitador cultural, Fuba, além dos artistas, jornalistas e produtores culturais, Yuri Carvalho, Marcelo Sousa, Edicarlos Silva, Walter, Nildo Moisés, Jerônimo Camelo, Jeff Lui, Gregório Medeiros, Tomaz Pessoa, dentre outros.

Wéverton Correia

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar