CULTURANOTÍCIAS

18ª edição da Feira da Música está com chamadas abertas para sua programação colaborativa até sexta (02)

No ano que o mundo bugou, a Feira da Música segue ousada e colaborativa em busca de propor soluções práticas, potencializar oportunidades e colaborar com o sistema do mundo da música. Apesar dos cenários diferentes, o código-fonte da Feira continua o mesmo, programado em seus eixos distintos e complementares: difusão, negócios e conhecimento nesta edição 100% digital e gamificada, que iniciou seu upgrade em 2019 e agora, em pleno ano hacker, completou sua atualização de plugins.   

De 05 a 08 de novembro, a 18ª edição da Feira da Música vem para propor diálogos sintonizados em busca de soluções com e para os artistas e empreendedores do cenário musical digital. Atualizar e apontar novas alternativas e novos horizontes provocando os agentes da cadeia produtiva do setor,  gestores, startups, músicos, desenvolvedores, UX, analistas de dados, game devs, empreendedores e outres agentes do hackerismo, designers parceiros da indústria digital, da informação e comunicação.

A primeira virtualização total da Feira e todas as experimentações advindas disso destaca a tecnologia como ferramenta social, mas valoriza o fator humano, sensível e acessível, pensando bem além na música para todes, pautando, além do ser acessível enquanto recurso, mas a intimidade acessibilizadora em suas ações. Afinal de contas, música se ouve, se sente, se vê. É cor, vibração, emoção e a precisa chegar a todas, todos e todes, de maneira democrática e universal, da sua criação, difusão até o consumo final.

OPORTUNIDADE: INSCRIÇÕES PARA FORMAÇÃO E DIFUSÃO

Os eixos da Feira continuam os mesmos: Difusão, Negócios e Conhecimento. Distintos e complementares, eles nortearam muito bem a última edição em 2019, responsável por esse importante passo rumo ao digital e agora seguem firmes consolidando a relação virtual da Feira, que antecipou essa atualização de formato devido ao cenário mundial que vivemos. 

Até 02 de outubro, a Feira segue com o primeiro combo de chamadas para o público relacionado aos eixos de Difusão e Conhecimento, com parcerias espalhadas por todo o Brasil para receber bandas de todas as regiões. Na Paraíba, a Toroh e o Centro Cultural Espaço Mundo são os parceiros da Feira, recebendo um show a ser transmitido ao vivo.

  • Chamada de Inscrição de Conhecimento: Oficinas
  • Chamada de Inscrição de Difusão: Transmissões de Shows e Mostra de Videoclipes

A ideia é reunir propostas formativas alinhadas às pautas destacadas pela Feira nesta edição, que além da diversidade e democracia, em 2020 joga luz na acessibilidade e multiculturalidade, nos inspirando a sair da suposta normalidade e pensar a música para todas, todos e todes, considerando as suas diferenças e peculiaridades que tornam o mundo tão incrível e múltiplo, em um ambiente virtual que deleta as barreiras geográficas e abre outras várias oportunidades de trocas e conexões. 

As inscrições seguem até 02 de outubro e são gratuitas. Seus regulamentos e fichas de inscrições podem ser encontrados no site www.feiradamusica.com.br

Também estão abertas oportunidades para e Feira de Expositores, com oportunidades para empreendedores relacionados à cena musical e a Zona de Propulsão, uma maratona que envolve gamers, programadores, designers, hackers e quem mais quiser usar a tecnologia como ferramenta social para solucionar os desafios propostos.

NOVIDADE: PLATAFORMA PRÓPRIA, MULTIFUNCIONAL E ACESSÍVEL

Para essa edição 100% virtualizada, a Feira da Música está desenvolvendo uma uma plataforma digital própria agregadora e multifuncional que, a partir da lógica do Software Livre, do trabalho em rede e da colaboração, oferecerá ao público experiências de imersão no universo sonoro, inspiradas na gamificação, totalmente sintonizada com a acessibilidade digital. E, como colaboração está no código-fonte da Feira, a plataforma ficará disponível para outras oportunidades que vierem, de outros projetos e parceiros.

A Feira da Música é uma realização da Prodisc, conta com apoio cultural da Oi Futuro e apoio institucional do Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria da Cultura do Ceará (Lei Estadual Nº 13.811 – Mecenato Estadual). Agradecimento Oi. Na realização do eixo de Difusão, relacionado às transmissões de shows de sua programação, conta com parceria dos estúdios e centros culturais espalhados pelo Brasil: Toroh Música&Cultura, Centro Cultural Espaço Mundo, Som.Vc, Porto Dragão, Centro Cultural Belchior, Vila da Música, Coletivo Mangaio, Festival BR 135, Difusão, Casarão Floresta Sonora, LabSonica, Nave Coletiva, Galáxia Morrostock .

SERVIÇO

Feira da Música – 18ª edição

05 a 08 de novembro

Abertura de inscrições para Oficinas e Transmissões de Shows

Gratuitas até 02 de Outubro

Mais informações: www.feiradamusica.com.br

Contato: comunicacao@feiradamusica.com.br

Da Assessoria

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar